01/03/2024 - Edição 525

Legislativo

Criada Comissão que vai apurar denúncia contra o governador

Publicado em 26/05/2017 12:00 -

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Foi criada na última quinta (25), na Assembleia Legislativa, a Comissão Especial que vai apurar denúncia de eventual crime de responsabilidade do governador do Estado, Reinaldo Azambuja (PSDB), fruto da delação premiada dos irmãos Joesley e Wesley Batistas, da JBS, segundo a qual havia no Estado um esquema de pagamento de propina lastreado pela garantia de incentivos ficais ao frigorífico.

O PT, única bancada de oposição do governo estadual na Casa, já definiu o seu representante na Comissão: o deputado Pedro Kemp (PT), autor do requerimento para a criação da mesma. Seu colega de bancada, Cabo Almi (PT) será seu suplente.

Para o deputado Amarildo Cruz (PT), a investigação “representa todo o anseio da sociedade, que esperava providências da Assembleia Legislativa”. “A providência foi tomada. Criamos a Comissão para que o governador possa ser ouvido, documentos possam ser analisados e ao final um relatório seja emitido de forma transparente. Vamos dar todo o direito ao contraditório, para que não se condene ninguém sem provas”, afirmou.

Além de Kemp, outros quatro membros compõem a Comissão, sendo duas vagas do Bloco Partidário I – composto pelos partidos PSDB, PR, DEM, PSC e SD e duas vagas ao Bloco Partidário II – PMDB, PDT e PEN.

O líder do PMDB no legislativo estadual, Eduardo Rocha (PMDB), afirmou que a indicação dos membros ocorrerá apenas na segunda-feira (29), prazo limite de acordo com a legislação. Já os tucanos vão aguardar a definição do líder do bloco, Beto Pereira (PSDB) – que está em agenda no interior – para apresentar os nomes, afirmou o o líder do governo na Assembleia, deputado professor Rinaldo (PSDB).


Voltar


Comente sobre essa publicação...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *