22/04/2024 - Edição 540

Legislativo

Com sete mortes no trânsito da Capital, Carlão cobra intensificação das sinalizações e políticas para segurança no trânsito

Em todo ano passado, foram registradas 49 mortes no trânsito de Campo Grande

Publicado em 20/03/2023 5:13 - Semana On

Divulgação Câmara CG

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Preocupado com a segurança do trânsito na Capital, que até o mês de março de 2023 já tem sete mortes registradas, conforme dados da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), o vereador Carlos Augusto Borges (Carlão PSB), presidente da Câmara Municipal de Campo Grande, destacou que está cobrando da Agetran a intensificação nas sinalizações e políticas de conscientização sobre a segurança no trânsito.

“Em todo ano passado, foram registradas 49 mortes no trânsito de Campo Grande. Já em 2021, o número foi ainda maior, a Capital teve 60 mortes no trânsito. Precisamos evitar essas perdas com políticas de prevenção, conscientização e reforço nas sinalizações. Muitas destas mortes poderiam ter sido evitadas e nós como legisladores precisamos implementar medidas que auxiliem na diminuição destes acidentes. Os acidentes com motociclistas e com caminhões estão aumentando também e essa demanda acaba por sobrecarregar o sistema de saúde. Porque costumam ser acidentes fatais ou que deixam sequelas graves”, avaliou.

Carlão reforçou que tem cobrado da AGETRAN (Agência Municipal de Transporte e Trânsito), a instalação de quebra-molas, reforço de sinalização como placas e pinturas de faixa de pedestres, conjuntos semafóricos e readequação de vias.

“Os motoristas e pedestres precisam também colaborar e respeitar as leis de trânsito. Outro aspecto é a qualidade do pavimento que também contribui para muitos acidentes. Os buracos também provocam acidentes e precisamos de soluções rápidas para este problema”, disse o presidente da Câmara.


Voltar


Comente sobre essa publicação...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *