15/06/2024 - Edição 540

Auau Miau

Levando um gatinho filhote para uma casa com um cachorro adulto

Publicado em 06/08/2014 12:00 -

Clique aqui e contribua para um jornalismo livre e financiado pelos seus próprios leitores.

Se você já tem um cão e decidiu adotar ou comprar um filhotinho de gato, a apresentação dos dois irá requerer um pouco mais de cuidado.

Antes de escolher ter um gatinho, certifique-se da índole do seu cachorro. Ele costuma ser muito territorialista? É agressivo com outros bichinhos? Se a resposta para essas perguntas for "sim", talvez seja melhor reconsiderar, ou então planejar bastante antes de trazer o novo pet pra casa. Nesses casos, o mais recomendado é contratar um bom adestrador, para garantir que seu cão tenha limites, educação e respeito, e que você seja capaz de controlá-lo se for necessário. 

Se seu cãozinho for bem dócil, a introdução do novo pet fica mais fácil, mas é sempre bom garantir que ele seja obediente e saiba respeitar os limites. Para isso, algumas sessões com um adestrador podem lhe trazer muito mais tranquilidade. 

Atenção

A chave para apresentar o novo gatinho é garantir que seu cachorro irá continuar recebendo a mesma atenção que já está acostumado. É essencial que o tratamento seja o mesmo pois, para ele, esse novo integrante é um "intruso", o que pode ser visto como uma ameaça. Garanta que ele receba todo amor e carinho e, a partir daí, é só fazer uso da mais básica técnica de adestramento: a associação positiva.

Associe o gatinho a coisas boas para o seu cachorro, quando apresentá-los pela primeira vez, leve petiscos, brinquedinhos e muito carinho. Dessa forma, ele não verá o novo pet como uma ameaça e irá associá-lo a coisas boas.

Quando apresentá-los, evite ao máximo repreender seu cão, incentive os comportamentos positivos, isso fará com que a aceitação inicial seja mais fácil. Depois, eles vão construindo uma relação por si só, e é bem capaz do cachorro se tornar um mentor do gato, enxergando-o como seu filhote e garantindo seu bem-estar.

É recomendado que no comecinho dessa relação sempre haja alguém supervisionando a interação, afinal, o gatinho pode extrapolar algum limite e isso pode gerar uma reação no cachorro, mas são fatos corriqueiros que ao longo do tempo vão sendo ajustados.

É bom apontar que as fêmeas são mais receptivas a um gatinho novo, mas isso não quer dizer que um cão macho não será um grande companheiro do seu novo pet.

Veja o vídeo e assista o potencial amoroso dessa linda relação:


Voltar


Comente sobre essa publicação...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *